Produto Relacionado:
Creme dental Oral-B Gengiva Detox Deep Clean

Creme dental Oral-B Gengiva Detox Deep Clean

Compre aqui

A nicotina, além de viciar, causa uma lista inacabável de problemas que afetam a saúde do organismo e bucal. O mau hábito de fumar é responsável por grande parte dos casos de câncer de boca, periodontite, xerostomia, mau hálito, sem falar do amarelamento dos dentes. Mas você sabia que o tabagismo também pode afetar a coloração da sua gengiva, deixando o tecido mais escuro e opaco? O Sorrisologia esclareceu essa e outras complicações motivadas pelo cigarro.

Por que fumar deixa a gengiva escura?

Muitos fumantes são reconhecidos pelo sorriso. Os dentes costumam ser sempre bem amarelados e as gengivas com uma coloração bem escura ou roxeada. A responsável por acabar com toda a beleza e saúde do seu cartão de visitas é a nicotina. Essa substância se acumula nas superfícies dos dentes, aderindo ao esmalte e deixando uma pigmentação escura que dificilmente, conseguimos retirá-la na escovação comum. Além disso, a nicotina acaba estimulando a produção de melanina, causando manchas acastanhadas, principalmente nas gengivas e bochechas dos tabagistas.

Como tratar esse problema causado pelo cigarro?

Se você quer dar um fim nesse problema e ter uma gengiva saudável novamente, existe uma solução! Pode parecer óbvio, mas o tratamento mais eficaz é parar de fumar! Interromper o tabagismo permite que o paciente se recupere da maioria dos danos causados ao seu organismo pelo cigarro. Se você precisa de um apoio, há uma série de tratamentos medicamentosos, fitoterápicos, instituições e órgãos de apoio para fumantes que ajudam a parar com o vício. 

3 outros problemas que o cigarro pode causar 

1) Câncer de boca: o tabagismo pode ter grandes chances de desenvolver o câncer de boca. A boa notícia é: se a pessoa deixa de fumar esse risco diminui, mas só após 10 anos sem cigarros o risco de sofrer câncer de boca passa a ser igual ao de quem nunca fumou.

2) Periodontite: o cigarro interfere no meio ambiente bucal com a presença de inúmeras substâncias liberadas, além do aumento da temperatura. Todas as bactérias presentes na placa bacteriana se tornam mais agressivas, causando formas mais graves da periodontite.

3) Mau hálito: os odores da fumaça inalada são soltos no momento em que a pessoa fala ou respira, além disso, o uso do cigarro misturado com uma má higiene bucal pode tornar o hálito pior e extremamente desagradável.