Produto Relacionado:
Escova interdental Oral-B Interdental Regular

Escova interdental Oral-B Interdental Regular

Compre aqui

Quem usa aparelho ortodôntico sabe: as manutenções são constantes. Mas elas são feitas e recomendadas pelos especialistas e, por isso, não são à toa! Esse procedimento coloca nos dentes uma força para que eles façam a movimentação desejada pelos dentistas. “É necessário para que o movimento dentário cause uma reabsorção óssea de um lado da raiz do dente e uma aposição óssea do lado oposto”, explica o ortodontista Sérgio Henrique Casarim. Se você acabou de colocar o aparelho, tenha em mente que as manutenções são a chave do tratamento ortodôntico! Conversamos com o profissional para separar mais algumas dicas e saber da frequência certa de voltar ao dentista depois desse procedimento.

A manutenção serve para acelerar o tratamento ortodôntico

A manutenção ortodôntica tem a principal função de ativar o aparelho. Quando colocado, os dentistas planejam os movimentos que a ferramenta precisa fazer. Mas, com o tempo, ele pode se soltar e fazer os movimentos sem tanta pressão nos dentes. É aí que entra a manutenção. “É através dela que nós podemos colocar forças sobre os dentes e com isso fazer com que eles se movimentem”, explica ele. Por isso, os pacientes podem sentir um certo incômodo depois dessas consultas.

O que é bom para aliviar a dor do aparelho ortodôntico?

Por mais que as dores após a manutenção dependam muito da força que o profissional impõe, elas são sim comuns. E não há muito para onde fugir, já que não existem formas de evitá-las. O que os profissionais podem fazer é amenizar o desconforto. “O paciente pode fazer uso de algum tipo de analgésico indicado por seu ortodontista para aliviar as primeiras 24 a 48 horas após ativação do aparelho”, comenta ele.

Uma outra dica é ter em mente que esse procedimento vai ser bom para você! O psicológico pode afetar muito nesse momento. Por isso, pense que essas consultas serão algo positivo para o tratamento ortodôntico. Assim, você vai ficar mais tranquilo na hora de ir ao consultório 😉

Como não atrasar o tratamento ortodôntico e outras dicas

Depois de colocar o aparelho ortodôntico, a maioria dos pacientes já não veem a hora de tirá-lo. Mas para que isso aconteça, é muito importante que eles não deixem de ir ao dentista. As consultas regulares são muito importantes para verificar o estado do aparelho. “Tome cuidado com a mastigação para não quebrar o aparelho e mantenha uma higienização muito boa para que a gengiva não inflame e causa ainda mais dor ao paciente”, sugere o profissional.

Uma outra dica do profissional é fazer as manutenções frequentemente. “As faltas a essas consultas podem provocar algum atraso no tratamento ortodôntico e consequentemente o paciente fica mais tempo com o aparelho na boca”, alerta o dentista. Se você já não vê a hora de tirar os braquetes e todos os acessórios, não esqueça de ir ao consultório e siga as recomendações de retorno ao dentista.

Manutenção do aparelho dentário: quando fazer?

Isso pode depender do tipo de aparelho que o paciente usa. “Mas normalmente o ideal é que as manutenções sejam feitas, no mínimo, em 3 semanas e idealmente a cada 4 semanas”, recomenda. O mais indicado é consultar o profissional que acompanha o seu tratamento ortodôntico e perguntá-lo da frequência correta. Só não negligencie o tempo indicado e logo você verá os resultados.

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Sérgio Henrique Casarim Fernandes – Ortodontia e Ortopedia Facial
Juiz de Fora – MG
CRO-MG: 15649