Produto Relacionado:
Fio Dental Oral-B 3D White Whitening

Fio Dental Oral-B 3D White Whitening

Compre aqui

Parte de manter o sorriso bonito e saudável é a limpeza feita no dentista – afinal, ela é uma das maiores responsáveis por evitar manchas, doenças e inflamações causadas pelo acúmulo de placa bacteriana, tártaro e outras impurezas. Você já se perguntou quais são os instrumentos usados nesse momento? O Sorrisologia conversou com o ortodontista Djalma Faria para saber mais sobre o passo a passo do procedimento!

Conheça as ferramentas utilizadas por seu dentista na limpeza

Alguns instrumentos são essenciais para garantir que seu sorriso esteja limpo, saudável e protegido durante a limpeza de rotina:

– Solução evidenciadora de placas: corante que auxilia na visualização dos pontos afetados pela placa bacteriana;

– Escova de Robinson: versão mais abrasiva e potente da escova de dentes tradicional. Por esse motivo, só pode ser manipulada por profissionais da Odontologia;

– Jato de bicarbonato: dispara água e bicarbonato de sódio em alta velocidade para auxiliar a limpeza;

– Fio ou fita dental: usado para limpar as áreas entre os dentes e de difícil acesso;

Ultrassom: ferramenta utilizada para a remoção do tártaro, que é mais duro e resistente.

“O procedimento visa remover manchas, placa bacteriana e tártaro. Com esse cuidado é possível prevenir doenças das gengivas e também melhorar a aparência dos dentes, deixando-os limpos e brilhantes”, explica o Dr. Djalma. “Quando as superfícies dos dentes estão polidas é mais difícil o acúmulo de placa, e por consequência a formação de tártaro.”

Limpeza dentária: veja o passo a passo do procedimento

A primeira etapa da limpeza é a profilaxia, com escovas, pasta profilática e o jato de bicarbonato. “Auxilia no controle da gengivite e na prevenção de cáries. Normalmente também precede a aplicação de flúor ou o tratamento de clareamento”, explica Djalma.

Depois, se necessário, é feita a raspagem periodontal – normalmente por um periodontista, especialista no tratamento das gengivas. “Assim como as demais, a raspagem periodontal é mais indicada para pacientes que já estão com uma doença periodontal instalada”, disse o profissional. “A raspagem visa, portanto, retirar o tártaro e a placa que se acumulam abaixo da linha da gengiva, evitando que a doença se alastre — afinal, se o problema não for tratado e se agravar, o paciente pode até perder um ou mais dentes.”

Veja por que é importante manter a limpeza em dia e ir ao dentista com frequência

Quem nunca atrasou seu próximo encontro com o dentista ou até mesmo pulou algumas consultas ao longo do ano, não é? Esse hábito pode ser bastante prejudicial para sua saúde bucal, como conta Djalma: “Mesmo com uma escovação correta e o uso do fio dental diariamente, nossa boca pode acumular tártaro e placa bacteriana. É muito importante, que uma limpeza mais profunda seja feita a cada seis meses”. O profissional acrescenta que a profilaxia é a melhor forma de evitar problemas como cáries, inflamações na gengiva e até mesmo tratamentos mais radicais, como a extração de dentes.

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Djalma Faria – Ortodontista e Especialista em Visagismo Facial
Campinas – SP
CRO-SP: 59104