Produto Relacionado:
Creme Dental Infantil Oral-B Stages

Creme Dental Infantil Oral-B Stages

Compre aqui

Existe uma série de doenças que podem surgir durante a infância. O bruxismo é a principal entre elas. O distúrbio, definido como o hábito involuntário de apertar ou ranger os dentes, pode causar diferentes problemas bucais e, por isso, deve ser tratado o quanto antes. Mas você sabe como o tratamento de bruxismo infantil deve ser feito? Para ajudá-lo com isso, a dentista Sandra Regina conversou com o Sorrisologia sobre o assunto e deu algumas dicas.

Antes de tratar, entenda o que é e quais são as causas do bruxismo infantil

De acordo com a Fundação Nemours, 3 a cada 10 crianças possuem o hábito de ranger ou apertar os dentes, que são as principais características do quadro de bruxismo. Nesse caso, Sandra explica que as causas do distúrbio quase sempre tem origem emocional. “O hábito pode ser uma maneira que a criança encontra de acalmar ansiedade e estresse. Além disso, também pode ser um indicativo de hiperatividade ou até mesmo uma reação à alguns medicamentos”, explica. Caso não seja resolvido, o problema pode desencadear outros incômodos aos pequenos. “Má oclusão dentária, desgaste do esmalte dos dentes, dor de ouvido, cefaléia, dores miofasciais e sangramento da gengiva são alguns dos resultados do bruxismo infantil”.

Bruxismo infantil tem cura?

Sim. Para isso, a especialista ressalta que o problema deve ser tratado pela raiz. “Os pais devem entender que o distúrbio é relacionado a transtornos e, principalmente, estresse. Por isso, a melhor forma de preveni-lo e tratá-lo é através do manejo com o próprio estresse causador”, conta. Além disso, Sandra afirma que os sintomas costumam desaparecer sem causar danos ao desenvolvimento da criança. Entretanto, é importante que o acompanhamento profissional seja feito até os 12 anos de idade, ainda que seja mais comum quadros de bruxismo no período entre 4 e 6 anos.

3 dicas eficazes para o tratamento de bruxismo infantil

Para quem sofre com bruxismo, a sensação de ranger e apertar os dentes pode ser bastante incômoda. Por isso, o especialista separou 3 dicas imprescindíveis para o tratar o bruxismo em crianças:

1. Colabore para uma noite de sono mais tranquila: diminuir a atividade física e mental da criança antes de dormir é fundamental para evitar o ranger dos dentes. Nesse caso, evitar brincadeiras que exijam concentração e exercícios físicos antes de dormir é importante. Além disso, desligar os aparelhos eletrônicos e proporcionar um ambiente livre de ruídos podem ajudar a garantir um sono mais tranquilo.

2. Utilize placa de mordida: dependendo do grau de bruxismo do seu pequeno, o uso de placa de mordida miorrelaxante pode ser uma boa opção. Entretanto, vale lembrar que é importante que o diagnóstico seja feito por um especialista.

3. Opte pelo aparelho ortodôntico: se a causa do bruxismo infantil estiver relacionado ao alinhamento dos dentes ou à estrutura crânio facial, o uso do aparelho ortodôntico é a solução. Nesse caso, a criança deve ser acompanhado por um ortodontista para garantir o tratamento adequado de acordo com as suas necessidades.